Newsletter Compreingressos

Seja o primeiro a conhecer nossa programação de espetáculos, novidades, promoções e ofertas exclusivas

seu estado

  • AC
  • AL
  • AP
  • AM
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MT
  • MS
  • MG
  • PA
  • PB
  • PR
  • PE
  • PI
  • RJ
  • RN
  • RS
  • RO
  • RR
  • SC
  • SP
  • SE
  • TO
cadastrar
Cidade
Gênero
X
Comédia Romântica 12 70 min R$ 50,00

A História de Nós 2
(Grande Theatro Unimed-BH)

Endereço

Avenida Amazonas, 315
Centro - Belo Horizonte - MG

ver google maps

Compre pelo telefone de segunda a sábado das 11h às 19h

(31) 2626-1251

Temporada

Sexta e Sábado 21h

23 a 24 de Junho de 2017

Ingressos

R$ 50,00

Descontos

50% para pessoas de idade igual ou superior a 60 anos.
50% para estudantes.

* A carteira de estudante obrigatoriamente deve ser apresentada no acesso ao espetáculo e no ato da compra pela bilheteria. Não são aceitos boletos e comprovantes de matricula.

Informações

Plateia I e II
R$ 50,00 inteira
R$ 25,00

Fich Técnica

Autor: Licia Manzo
Diretor: Ernesto Piccolo
Elenco: Alexandra Richter e Bruno Garcia
Assistente de direção: Neuza Caribé
Cenógrafo: Clívia Cohen
Figurinista: Cao Albuquerque e Kiara Bianca
Direção de movimento: Marcia Rubin
Trilha sonora: Rodrigo Penna
Iluminador: Maneco Quinderé
Fotografia: Dalton Valério
Programador Visual: Zé Luiz Fonseca
Produção Executiva: Glauce carvalho
Coordenação de Produção: Helber Santa Rita
Diretor de produção: Gustavo Nunes
Produção: Turbilhão de Idéias
Realização: Alexandra Richter e Gustavo Nunes

Estacionamento

Estacione, localizado na Rua Espírito Santos, nº 625.

Em dias de espetáculos, de segunda a domingo, o público do Cine Theatro Brasil Vallourec poderá deixar o veículo no Estacione a partir das 19h ao preço fixo de R$ 15,00. É necessária a apresentação do ingresso do espetáculo para poder usudruir do valor conveniado. O Visitante tem até 1 hora após o evento para retirar o veículo do estacionamento.

No fins de semana, o visitante poderá estacionar 1 hora antes do espetáculo e sair 1 hora depois, a utilização do estacionamento fora desse período irá gerar cobrança de acordo com a tabeça de preços da Estacione.

A entrada principal do estacionamento conveniado é a da Rua Espírito Santo. No entanto, decorrido mais de 1 hora após o término do espetáculo, o visitante terá acesso por outra entrada, a Rua da Bahia, 600.

O estacionamento somente trabalha com dinheiro.
O ticket do teatro deve ser impresso (papel ingresso ou folha simples) e entregue ao funcionário do estacionamento na retirada do veículo.

Estacionamento na Rua
Para os visitantes que desejam estacionar os veículos na ruas próximos ao Cine Theatro Brasil Vallourec, a BH Trans liberou as seguintes vias:

Canteiro Central da Avenida Amazonas, no quarteirão do cine Brasil (nos dois sentidos).
Canteiro Central da avenida Afonso Pena, em frente ao Cine Brasil (sentido rodoviária/mangabeiras)

Informações

-É expressamente proibido o consumo de alimentos no interior do teatro
-Perde-se o direito ao lugar marcado após o início da sessão

A Mostra Cine Brasil de Teatro e Música apresenta o espetáculo “A História de Nós 2” para duas apresentações no Cine Theatro Brasil Vallourec. A peça é uma comédia romântica e foi um dos maiores sucessos da temporada teatral carioca dos últimos tempos. É estrelada pelos atores Alexandra Richter e Bruno Garcia, conta as aventuras e desencontros de um casal já separado, que revê a sua própria história na noite em que o marido vai buscar seus pertences no apartamento.

Edu é um homem dividido entre o desejo de ascender profissionalmente, a vontade de manter um casamento e o sonho de se manter eternamente livre. Já Lena é uma mulher ‘partida’ entre carreira, maternidade e paixão. Dois personagens que, em cena, transformam-se literalmente em seis: Edu, Duca, Carlos Eduardo, Lena, Mammy e Maria Helena, dando corpo e voz às diferentes ‘facetas’ de um mesmo homem e uma mesma mulher.

A comédia que estreou em 2009, já foi vista por mais de 800 mil espectadores e eleita no mesmo ano pelo público, leitores do O Globo, como a melhor peça teatral.

O espetáculo transcorre na noite em que Edu separado de Lena há algum tempo, vai buscar seus últimos pertences no apartamento. O derradeiro encontro do casal converte-se num ajuste de contas a um só tempo cômico e emocionante, onde tentam descobrir quem afinal causou a separação: a mulher, a mãe, a advogada bem-sucedida ou o marido, o adolescente eterno, o publicitário workaholic?

Por meio de humorados e reflexivos flashbacks, os seis personagens ocupam a cena, enquanto no palco é tecida essa “História de nós 2”. Conteúdo de imediata identificação do público e a forma como a história é abordada, pelo viés da comédia, são os principais fatores do sucesso da peça.
A atriz

Alexandra Richter é atriz, produtora e esteve em cartaz por três anos com Divã. Atuou ainda na peça Salada (da qual é produtora), também sob a direção de Ernesto Piccolo. Destaque para suas participações nos espetáculos Uma Loira na Lua, Toalete e Esse Monte de Mulher Palhaça. No cinema, atuou em Divã, de José Alvarenga. Atualmente está no ar em Cheias de Charme, novela das 19h. Integrou o elenco fixo do humorístico Zorra Total e de Os Caras de Pau; participou dos programas A Diarista, Os Normais, Toma Lá Dá Cá e Carga Pesada; e também participou das novelas Laços de Família, Coração de Estudante e Passione, A Regra do Jogo e atualmente interpreta a personagem Eva na nova novela das 19h Rock Story. todas da TV Globo.

O Ator
Bruno Garcia é um dos mais prestigiados atores de sua geração, já protagonizou peças de teatro, filmes e novelas.
Na TV, encontra-se no ar na minissérie “Nada será como antes, da Rede Globo. Ao longo de sua carreira já estrelou mais de 15 novelas e seriados, dentre os quais se destacam: Felicidade, Luna Caliente, Os Maias,O Quinto dos Infernos, Coração de Estudante, Kubanacan, Começar de Novo, Bang Bang. Fez ainda participações em :Os Normais.A Grande Família, A Diarista, Casos e Acasos.
Aos 15 anos, iniciou sua carreira em teatro, fazendo o elefante na peça: Hipopocaré. Em 1988 , fez: Hamlet; e ainda:Superléo, o Menor. Em 89, fez:Uma Noite de Cão. Em 95:A Ver Estrelas. Em 96:O Burguês Ridículo. Em 2000:Lisbela e o Prisioneiro.Em 2002:Homem Objeto e Desejos, Basófias e Quedas. Em 2004 e 2005: A Maldição do Vale Negro. Em 2007, ele atuou e dirigiu: Apareceu a Margarida. Em 2009, fez A Comédia dos Erros. Em 2011, A Escola do Escândalo e em 2012, Michael e Eu.
O diretor

Ernesto Piccolo é um dos nomes de maior destaque na atual cena carioca e com diversos prêmios na bagagem, o ator e diretor Ernesto Piccolo já foi indicado duas vezes ao Prêmio Shell – nas categorias melhor direção, por Divã, e Especial, pelo desenvolvimento do projeto Oficinas de Criação de Espetáculo, que ele coordena e dirige no Centro de Artes Calouste Gulbenkian. Recebeu também o Prêmio Coca-Cola pela direção do musical infantil A Guerrinha de Tróia. Dirigiu grandes sucessos teatrais, como Doidas e Santas, que está comemorando 400 apresentações.

A autora

Roteirista de cinema, teatro e TV, Lícia Manzo é redatora na TV Globo, onde escreveu para os humorísticos Retrato Falado, A Diarista e Sai de Baixo. Autora principal de novela com A Vida da Gente, apontada por unanimidade pela crítica como uma das melhores novelas das 18h nos últimos tempos. Foi roteirista final do seriado Tudo Novo de Novo, também da TV Globo, com direção de Denise Saraceni. No teatro, entre outros, escreveu textos para os espetáculos As Noites de Cabrita, com direção de Bibi Ferreira, e Salada, dirigido por Ernesto Piccolo. É mestra em Literatura Brasileira pela PUC/RJ e foi indicada ao Prêmio Jabuti pelo ensaio Era uma vez: eu – a não-ficção na obra de Clarice Lispector (2003/UFJF).

*Sinopse sob total responsabilidade da produção do evento.

A História de Nós 2 (Grande Theatro Unimed-BH)

Cine Theatro Brasil Vallourec

Centro - Belo Horizonte - MG

A Mostra Cine Brasil de Teatro e Música apresenta o espetáculo “A História de Nós 2” para duas apresentações no Cine Theatro Brasil Vallourec. A peça é uma comédia romântica e foi um dos maiores sucessos da temporada teatral carioca dos últimos tempos. É estrelada pelos atores Alexandra Richter e Bruno Garcia, conta as aventuras e desencontros de um casal já separado, que revê a sua própria história na noite em que o marido vai buscar seus pertences no apartamento.

Edu é um homem dividido entre o desejo de ascender profissionalmente, a vontade de manter um casamento e o sonho de se manter eternamente livre. Já Lena é uma mulher ‘partida’ entre carreira, maternidade e paixão. Dois personagens que, em cena, transformam-se literalmente em seis: Edu, Duca, Carlos Eduardo, Lena, Mammy e Maria Helena, dando corpo e voz às diferentes ‘facetas’ de um mesmo homem e uma mesma mulher.

A comédia que estreou em 2009, já foi vista por mais de 800 mil espectadores e eleita no mesmo ano pelo público, leitores do O Globo, como a melhor peça teatral.

O espetáculo transcorre na noite em que Edu separado de Lena há algum tempo, vai buscar seus últimos pertences no apartamento. O derradeiro encontro do casal converte-se num ajuste de contas a um só tempo cômico e emocionante, onde tentam descobrir quem afinal causou a separação: a mulher, a mãe, a advogada bem-sucedida ou o marido, o adolescente eterno, o publicitário workaholic?

Por meio de humorados e reflexivos flashbacks, os seis personagens ocupam a cena, enquanto no palco é tecida essa “História de nós 2”. Conteúdo de imediata identificação do público e a forma como a história é abordada, pelo viés da comédia, são os principais fatores do sucesso da peça.
A atriz

Alexandra Richter é atriz, produtora e esteve em cartaz por três anos com Divã. Atuou ainda na peça Salada (da qual é produtora), também sob a direção de Ernesto Piccolo. Destaque para suas participações nos espetáculos Uma Loira na Lua, Toalete e Esse Monte de Mulher Palhaça. No cinema, atuou em Divã, de José Alvarenga. Atualmente está no ar em Cheias de Charme, novela das 19h. Integrou o elenco fixo do humorístico Zorra Total e de Os Caras de Pau; participou dos programas A Diarista, Os Normais, Toma Lá Dá Cá e Carga Pesada; e também participou das novelas Laços de Família, Coração de Estudante e Passione, A Regra do Jogo e atualmente interpreta a personagem Eva na nova novela das 19h Rock Story. todas da TV Globo.

O Ator
Bruno Garcia é um dos mais prestigiados atores de sua geração, já protagonizou peças de teatro, filmes e novelas.
Na TV, encontra-se no ar na minissérie “Nada será como antes, da Rede Globo. Ao longo de sua carreira já estrelou mais de 15 novelas e seriados, dentre os quais se destacam: Felicidade, Luna Caliente, Os Maias,O Quinto dos Infernos, Coração de Estudante, Kubanacan, Começar de Novo, Bang Bang. Fez ainda participações em :Os Normais.A Grande Família, A Diarista, Casos e Acasos.
Aos 15 anos, iniciou sua carreira em teatro, fazendo o elefante na peça: Hipopocaré. Em 1988 , fez: Hamlet; e ainda:Superléo, o Menor. Em 89, fez:Uma Noite de Cão. Em 95:A Ver Estrelas. Em 96:O Burguês Ridículo. Em 2000:Lisbela e o Prisioneiro.Em 2002:Homem Objeto e Desejos, Basófias e Quedas. Em 2004 e 2005: A Maldição do Vale Negro. Em 2007, ele atuou e dirigiu: Apareceu a Margarida. Em 2009, fez A Comédia dos Erros. Em 2011, A Escola do Escândalo e em 2012, Michael e Eu.
O diretor

Ernesto Piccolo é um dos nomes de maior destaque na atual cena carioca e com diversos prêmios na bagagem, o ator e diretor Ernesto Piccolo já foi indicado duas vezes ao Prêmio Shell – nas categorias melhor direção, por Divã, e Especial, pelo desenvolvimento do projeto Oficinas de Criação de Espetáculo, que ele coordena e dirige no Centro de Artes Calouste Gulbenkian. Recebeu também o Prêmio Coca-Cola pela direção do musical infantil A Guerrinha de Tróia. Dirigiu grandes sucessos teatrais, como Doidas e Santas, que está comemorando 400 apresentações.

A autora

Roteirista de cinema, teatro e TV, Lícia Manzo é redatora na TV Globo, onde escreveu para os humorísticos Retrato Falado, A Diarista e Sai de Baixo. Autora principal de novela com A Vida da Gente, apontada por unanimidade pela crítica como uma das melhores novelas das 18h nos últimos tempos. Foi roteirista final do seriado Tudo Novo de Novo, também da TV Globo, com direção de Denise Saraceni. No teatro, entre outros, escreveu textos para os espetáculos As Noites de Cabrita, com direção de Bibi Ferreira, e Salada, dirigido por Ernesto Piccolo. É mestra em Literatura Brasileira pela PUC/RJ e foi indicada ao Prêmio Jabuti pelo ensaio Era uma vez: eu – a não-ficção na obra de Clarice Lispector (2003/UFJF).