X

Assine e ganhe

faça parte do nosso grupo
de assinantes, concorra
a ingressos, receba
descontos e promoções
exclusivas

seu estado

  • AC
  • AL
  • AP
  • AM
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MT
  • MS
  • MG
  • PR
  • PB
  • PR
  • PE
  • PI
  • RJ
  • RN
  • RS
  • RO
  • RR
  • SC
  • SP
  • SE
  • TO
Assine o guia de espetáculos
Show L 90 min R$ 60,00 a R$ 160,00

Erasmo Carlos
Show Inédito

Teatro J. Safra

Barra Funda - São Paulo - SP

Endereço

Rua Josef Kryss, 318
Barra Funda - São Paulo - SP

ver google maps

Compre pelo telefone de segunda a domingo das 9h às 21h

(11) 2626-0243

Temporada

Sexta e Sábado 21h30

26 a 27 de Fevereiro de 2016

Ingressos

R$ 60,00 a R$ 160,00

Promoção Itaucard

50% de desconto para clientes Itaucard.

Promoção pessoal e intransferível para o titular do cartão na compra de um ingresso inteiro. Válido somente para 1 apresentação do espetáculo, mediante pagamento com cartões participantes da promoção.

Descontos

É assegurado 40% do total de ingressos disponíveis para venda ao público geral, mediante comprovação, de acordo com a Lei da Meia-Entrada 12.933.
50% para pessoas de idade igual ou superior a 60 anos.
50% para estudantes de ensino fundamental, médio, superior e pós-graduação
(Estudantes mediante a apresentação, no momento da aquisição do ingresso e na portaria do local de realização do evento, da Carteira de Identificação Estudantil - CIE )
50% para pessoas com deficiência + acompanhante quando necessário.
50% para jovens de 15 a 29 anos de idade de baixa renda.
(inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico)

Outros descontos
Banco Safra: 50% para clientes e funcionários do Banco safra.
Hotel HB: 50% de desconto para clientes e colaboradores do Hotel HB
Professores: 50% para professores das redes públicas, Municipal e Estadual

*O desconto não será cumulativo com quaisquer outras promoções e convênios do espetáculo.

Valores

Plateia Premium
R$ 160,00 inteira
R$ 80,00 meia

Plateia Vip
R$ 140,00 inteira
R$ 70,00 meia

Mezanino
R$ 100 inteira
R$ 50,00 meia

Mezanino visão parcialmente prejudicada
R$ 60,00 inteira
R$ 30,00 meia

ERASMOS CARLOS – GIGANTE GENTIL
Um roqueiro que o Brasil vem chamando de seu por 50 anos

Mesmo consagrado, Erasmo continua incansável e com 50 sólidos anos de estrada, nos brinda com “Gigante Gentil”, álbum de inéditas com a maioria das músicas compostas por ele mesmo e por alguns parceiros mais do que especiais . Cabeça efervescente e coração a mil, o tremendão vem nos brindando com sucessos já incorporados ao cancioneiro nacional com toda a ambiguidade que ele carrega e descarrega em nós . Sua fama de mau, roqueiro, casaco de couro e pulseiras não tira dele o lado terno, singelo, sensível e gentil ou melhor, Gigante Gentil – alcunha tão apropriada criada por Lucinha Turnbull na década de 80 e amplamente defendida por Rita Lee em entrevistas .

Kassin foi o amigo convidado para a missão irrecusável de produzir e organizar esta panela de influências tão característica dos trabalhos de Erasmo. O álbum, que chega em breve nas casas e sites do ramo, traz parceiros de outros carnavais como Arnaldo Antunes e Nelson Motta, além da inédita parceria com seu amigo de longa data Caetano Veloso que lhe brindou com singela e certeira letra em “Sentimentos Complicados“. Big bands, samba, o nascer do Rock n Roll, João Gilberto, Soul Music , Walter Wanderley e Ed Lincoln tudo junto e misturado na vida deste carioca de carteirinha e vascaíno roxo, que traz muito rock e a cruz de malta em seu peito. A canção homônima ao nome do disco vem como uma tremenda resposta irônica às ofensas gratuitas despejadas nas redes sociais e que Erasmo dá de ombros e segue seu caminho. Aliás ele não está sentado esperando o tempo passar, pelo contrário, já que vem desbravando o Brasil com sua banda desfilando os maiores sucessos e polvilhando coisas novas para mostrar a pujança criativa que sempre o destacou.

Como general desta tropa sonora, Erasmo convidou seu grande amigo e maior guitar hero do Brasil Luis Sergio Carlini, um autêntico Tutti Frutti com seu currículo invejável. Já Marcelo Jeneci foi o músico convidado para emprestar singeleza ao projeto, que com seu exército de bons sintetizadores empregou acordes e notas para somarem ao rock n roll tradicionalmente enraizado. Completam o time o batera Stephan e os violões de Christian Oyens na banda base .

Passando do estúdio para os palcos , este Gigante Gentil não pode deixar de cantar seus grandes sucessos e nesta turnê não será diferente . Ninguém é um dos maiores hitmakers da história deste país “impunemente “ e com orgulho de um pai Erasmo desfila os clássicos Sentado à beira do Caminho , Mulher , Gatinha Manhosa entre seus rocks clássicos Minha fama de mau e Festa de Arromba . Erasmo nos mostra mais uma vez que é um artista em ebulição , atuante , efervescente com cabeça de homem mas um coração de menino arrombando a festa nesta nova turnê Gigante Gentil.




ERASMOS CARLOS – GIGANTE GENTIL
RELEASE - LULU SANTOS


Passei o carnaval de 2014 ouvindo Erasmo , no carro, na estrada, na serra, sem mapa, como quem passou na loja-de-disco, escolheu um título, levou pra casa, lutou com o celofane que o travava e logo se deixou levar, na rede, não a social, mas a de embalar mesmo.

Neste mesmo período, não obstante o lepo-lepo geral ( programação normal e o melhor do carnaval), assisti na beeb um documentário sobre o programa espacial Voyager da NASA, cujas sondas, ainda em ação, já ultrapassaram inúmeras vezes o tempo, o tamanho e o alcance de suas missões. O assunto me trouxe de volta ao disco novo do Erasmo Carlos.

O Gigante Gentil de hoje não é outro senão aquele mesmo, o da Fama-de-Mau, já imerso no espaço interestelar do auto-conhecimento, anos-luz à frente do problema original. O personagem das canções Erasmo lembra um Dom Quixote com uma clara noção da própria folia, quase sempre perplexo, quebra a quarta parede e nos encara de frente, nos espelhando...e piscando um olho, um pouco Sancho que também é.

Depois de algumas rodadas em tempo e circunstâncias diversas, leio os créditos ( coisa que jamais aconteceria se, para início de conversa ,eu tivesse 'baixado' o álbum na 'rede', hoje em dia, junto com a privacidade, também se fizeram escassos os créditos dos discos ) e começo a desvendar o que é o quê.

Assinada por Kassin, a sagaz produção tem a seu favor o fato de juntar do blue-shifted Luiz Carlini ao red-shifted Smokey Hormel, isto só no quesito guitarras, e, além das costuras de geração, como o duo Robertinho Silva e Stéphane San Juan nos couros, faz o inestimável, repito, in-es-ti-má-vel favor de juntar fartas doses do fole e da música de Marcelo Jeneci aos já alentados procedimentos. Há parcerias com Caetano, Arnaldo Antunes e Nelson Motta, todas falando mais ou menos em Erasmês, ou alguma tradução autorizada.

Para mim, é particularmente benéfico que Erasmo tenha gravado e lançado um disco por ano nos últimos anos, me inspira que ele esteja inspirado, que o assunto não falte, muito menos vontade.

De resto, não vou poder ouvir o disco por você, não vai dar certo, daí que faça-se o favor, ouça o Gigante Gentil.

Lux d Luxe

Lulu Santos.


*Sinopse sob total responsabilidade da produção do evento.

Show L 90 min

Erasmo Carlos Show Inédito

Teatro J. Safra

Barra Funda - São Paulo - SP

ERASMOS CARLOS – GIGANTE GENTIL
Um roqueiro que o Brasil vem chamando de seu por 50 anos

Mesmo consagrado, Erasmo continua incansável e com 50 sólidos anos de estrada, nos brinda com “Gigante Gentil”, álbum de inéditas com a maioria das músicas compostas por ele mesmo e por alguns parceiros mais do que especiais . Cabeça efervescente e coração a mil, o tremendão vem nos brindando com sucessos já incorporados ao cancioneiro nacional com toda a ambiguidade que ele carrega e descarrega em nós . Sua fama de mau, roqueiro, casaco de couro e pulseiras não tira dele o lado terno, singelo, sensível e gentil ou melhor, Gigante Gentil – alcunha tão apropriada criada por Lucinha Turnbull na década de 80 e amplamente defendida por Rita Lee em entrevistas .

Kassin foi o amigo convidado para a missão irrecusável de produzir e organizar esta panela de influências tão característica dos trabalhos de Erasmo. O álbum, que chega em breve nas casas e sites do ramo, traz parceiros de outros carnavais como Arnaldo Antunes e Nelson Motta, além da inédita parceria com seu amigo de longa data Caetano Veloso que lhe brindou com singela e certeira letra em “Sentimentos Complicados“. Big bands, samba, o nascer do Rock n Roll, João Gilberto, Soul Music , Walter Wanderley e Ed Lincoln tudo junto e misturado na vida deste carioca de carteirinha e vascaíno roxo, que traz muito rock e a cruz de malta em seu peito. A canção homônima ao nome do disco vem como uma tremenda resposta irônica às ofensas gratuitas despejadas nas redes sociais e que Erasmo dá de ombros e segue seu caminho. Aliás ele não está sentado esperando o tempo passar, pelo contrário, já que vem desbravando o Brasil com sua banda desfilando os maiores sucessos e polvilhando coisas novas para mostrar a pujança criativa que sempre o destacou.

Como general desta tropa sonora, Erasmo convidou seu grande amigo e maior guitar hero do Brasil Luis Sergio Carlini, um autêntico Tutti Frutti com seu currículo invejável. Já Marcelo Jeneci foi o músico convidado para emprestar singeleza ao projeto, que com seu exército de bons sintetizadores empregou acordes e notas para somarem ao rock n roll tradicionalmente enraizado. Completam o time o batera Stephan e os violões de Christian Oyens na banda base .

Passando do estúdio para os palcos , este Gigante Gentil não pode deixar de cantar seus grandes sucessos e nesta turnê não será diferente . Ninguém é um dos maiores hitmakers da história deste país “impunemente “ e com orgulho de um pai Erasmo desfila os clássicos Sentado à beira do Caminho , Mulher , Gatinha Manhosa entre seus rocks clássicos Minha fama de mau e Festa de Arromba . Erasmo nos mostra mais uma vez que é um artista em ebulição , atuante , efervescente com cabeça de homem mas um coração de menino arrombando a festa nesta nova turnê Gigante Gentil.




ERASMOS CARLOS – GIGANTE GENTIL
RELEASE - LULU SANTOS


Passei o carnaval de 2014 ouvindo Erasmo , no carro, na estrada, na serra, sem mapa, como quem passou na loja-de-disco, escolheu um título, levou pra casa, lutou com o celofane que o travava e logo se deixou levar, na rede, não a social, mas a de embalar mesmo.

Neste mesmo período, não obstante o lepo-lepo geral ( programação normal e o melhor do carnaval), assisti na beeb um documentário sobre o programa espacial Voyager da NASA, cujas sondas, ainda em ação, já ultrapassaram inúmeras vezes o tempo, o tamanho e o alcance de suas missões. O assunto me trouxe de volta ao disco novo do Erasmo Carlos.

O Gigante Gentil de hoje não é outro senão aquele mesmo, o da Fama-de-Mau, já imerso no espaço interestelar do auto-conhecimento, anos-luz à frente do problema original. O personagem das canções Erasmo lembra um Dom Quixote com uma clara noção da própria folia, quase sempre perplexo, quebra a quarta parede e nos encara de frente, nos espelhando...e piscando um olho, um pouco Sancho que também é.

Depois de algumas rodadas em tempo e circunstâncias diversas, leio os créditos ( coisa que jamais aconteceria se, para início de conversa ,eu tivesse 'baixado' o álbum na 'rede', hoje em dia, junto com a privacidade, também se fizeram escassos os créditos dos discos ) e começo a desvendar o que é o quê.

Assinada por Kassin, a sagaz produção tem a seu favor o fato de juntar do blue-shifted Luiz Carlini ao red-shifted Smokey Hormel, isto só no quesito guitarras, e, além das costuras de geração, como o duo Robertinho Silva e Stéphane San Juan nos couros, faz o inestimável, repito, in-es-ti-má-vel favor de juntar fartas doses do fole e da música de Marcelo Jeneci aos já alentados procedimentos. Há parcerias com Caetano, Arnaldo Antunes e Nelson Motta, todas falando mais ou menos em Erasmês, ou alguma tradução autorizada.

Para mim, é particularmente benéfico que Erasmo tenha gravado e lançado um disco por ano nos últimos anos, me inspira que ele esteja inspirado, que o assunto não falte, muito menos vontade.

De resto, não vou poder ouvir o disco por você, não vai dar certo, daí que faça-se o favor, ouça o Gigante Gentil.

Lux d Luxe

Lulu Santos.


Certisign
visualizar na versao desktop